O Grito do Ipiranga

Em 1820, na cidade do Porto em Portugal, começaram a surgir as manifestações de caráter revolucionário com propostas liberais, que logo ganhou maiores proporções, se dispersando para várias outras localidades do território português.
Este movimento tinha como princípio buscar uma liberdade em relação à subordinação inglesa dentro de Portugal, as forças inglesas permaneciam no país desde a expulsão dos franceses. Como a família real não se encontrava em Portugal, a administração ficou a cargo do comandante Beresford, general inglês que era considerado Lorde Protetor de Portugal.

Em decorrência de vários anos de conflitos provocados pela ocupação das tropas de Napoleão, surgiram conseqüências profundas na econômica do país, deixando-a em total falência, resultado dos grandes gastos com a guerra contra os franceses.
Outro fator determinante vinculava no setor industrial local, que possuía limitações comerciais não podendo concorrer com os produtos importados da Inglaterra que eram de qualidade superior e com valores mais acessíveis.
Além disso, as relações comerciais com a colônia americana já não eram viáveis economicamente, pois os portos de sua propriedade se encontravam dispostos para a utilização da Inglaterra e demais forças aliadas.

 

 

 

Fonte: UOL – História do Mundo

Tags:
0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?